Reflexão sobre a Mulher

Reflexão Sobre a Mulher

Todos os dias são especiais, pois traz a lembrança de quanto valorosa tem sido a representação da Mulher nesse planeta desde a Criação e a sua primeira consciência viva, que provavelmente se fundamentou no feminino.

Falar da Lua e de Vênus nos convida ao inevitável paradigma da força do ventre feminino. Da beleza e da harmonia expressada pela consciência chamada de mulher.

Como poderíamos entender o desenvolvimento e a originalidade da primeira consciência orgânica viva proposta por Deus? Aos “científicos”, Jung afirma que a Psiquê é feminina.

Transborda em sua estrutura molecular uma essência expressada pela vivificação do feminino. Inteligente, sagaz, instintiva e com os muitos olhares da intuição.

Em muitos dos arquétipos, um se destaca, pois há similaridade com a loba. Uma irmã, aparentemente com pouca afinidade com o racional, mas com uma profundidade idêntica e inequívoca quando se trata do instinto selvagem e a sua determinação pela sobrevivência pessoal e de sua matilha.

Possui manifestações que lhe são peculiares como a de superar a dor. A natureza de um ventre fértil que pulsa a sabedoria e a pureza da criação em suas entranhas. Aquela quando das tensões – TPM, o melhor é deixá-la descansar porque ela está preparando o seu útero para dar o seu sangue à MãeTerra.

Consagra o seu corpo como o cálice da vida, da própria gênese, da perfeita capacidade da Geração. Detém muitas virtudes e abnegações vivificadas por sua natureza única experienciada e permitida pela Fonte.

Curvemo-nos pela expressão de Lilith, de Eva, de Joana D’Arc, da “Sophia” das “bruxas” da Inquisição, e por aquelas que geram novas consciências e DNAs Avatares como os Índigos, os Transacionais, os Estelares, os Cristais…construindo a nova Era.

4 comentários
  1. Marlowa diz:

    Entrei na Soph e encontrei um mundo maravilhoso de aprendizado, iluminado , musical e que permite imaginar um perfume de rosas suave. Sei que assim será no “Casarão” Azul. Muito sucesso , luz e realizações profundas. Grande abraço Marlowa

    Responder
    • Sérgio Gubes diz:

      Querida Marlowa,
      As tuas palavras que são um bálsamo de um aroma envolvente, acolhedor e cheio de brilho.
      Fico-lhe muito grato pelo doce e estimulante incentivo.
      Muita Luz!
      Soph – “Casarão Azul”

      Responder

Deixe um comentário

Quer se juntar a discussão?
Fique a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *